como-acontece-a-viralizacao-de-um-conteudo-no-linkedin
Spread the love
Ultimamente tenho tido boa performance com meus posts no LinkedIn e resolvi me aprofundar e estudar mais sobre o algoritmo do LinkedIn, para que possa aumentar o grau de viralização dos meus posts.

E como não sou nem um pouco egoísta quando o assunto é conhecimento, resolvi escrever esse artigo para ajudar você com suas publicações e, quem sabe, viralizar seus conteúdos.

Vamos lá!

Quando você posta no LinkedIn, seu conteúdo passa por 4 estágios:

  1. Filtro Inicial

O algoritmo varre o seu texto, imagem/vídeo e o classifica com altíssima velocidade em uma das três categorias: Spam, Baixa Qualidade ou Limpo

  1. Teste de Audiência

Se o LinkedIn marcar seu post como “Limpo”, ele será exibido para um pequeno grupo aleatório da sua audiência, para avaliar e prever a performance.

  1. Classificação e score de qualidade

Likes, comentários e compartilhamentos do seu post neste grupo inicial irão determinar a popularidade do seu post. Por exemplo, um like pode ganhar um ponto, enquanto um comentário (que exige mais esforço) ganha dois pontos e um compartilhamento ganha três pontos.

Com base no score, seu post terá dois destinos:

  1. a) terá seu espalhamento freado porque a qualidade está baixa
  2. b) terá mais visibilidade e espalhamento, porque a qualidade está alta
  3. Avaliação manual por pessoas reais

Se o seu post começa a ter bastante engajamento, então ele passa por um filtro humano com pessoas reais no LinkedIn, que irão ler o seu post e decidir se ele deve continuar sendo exibido para muita gente ou não.

Essa é um forma do LinkedIn evitar que conteúdos ruins que eventualmente tenham “furado” o filtro automático viralizem.

Se o seu conteúdo realmente for bom e estiver tendo boa performance, os editores poderão permitir que o conteúdo comece a extrapolar sua rede e aparecer para pessoas fora da sua rede.

Neste caso, você viralizou!

Então vamos às dicas:

Dica #1: Evite ser barrado no filtro inicial

Se você postar apenas um link com uma oportunidade de emprego, ou copiar conteúdo de outras pessoas, provavelmente seu conteúdo não será marcado como limpo e esse será o fim da linha!

Dica #2: Escreva títulos fortes

O título é a embalagem do seu produto, que é o conteúdo em si. Aprenda a escrever títulos que chamem imediatamente atenção das pessoas. Assim, você irá passar no teste da audiência, gerando alto engajamento com o conteúdo.

Existe muito material na internet sobre como criar títulos, porém, eu gosto dos clássicos. E nada mais clássico do que a seção I, títulos do capítulo VI, Como escrever anúncios poderosos, do livro Confissões de um Publicitário, do mestre Ogilvy.

Se você estiver escrevendo um post, não há título. Portanto, faça uma abertura forte e prenda atenção do leitor logo na primeira frase.

Dica #3: Faça uma chamada para ação

Peça para as pessoas curtirem, deixar comentários ou compartilhar. Se seu conteúdo for, nada mais justo do que obter essa recompensa e a maioria das pessoas irá compartilhar e dar o like! Dessa forma, o score do seu conteúdo irá subir rapidamente e você terá mais chances de viralizar!

Dica #4: Escreva de forma simples

As pessoas aqui estão buscando artigos rápidos e de simples digestão, que permitam que elas aprendem algo importante e útil sem ter que estudar física quântica. Ou seja, descomplique e fale de forma simples. Se você escrever algo muito técnico, evidentemente, ele não será viral, justamente porque viralizar significa se espalhar entre as massas e as massas não são técnicas.

Para este artigo, eu me baseei no artigo original dos engenheiros do LinkedIn, explicando de forma mais técnica como funciona o algoritmo e eu incluí o link aí no primeiro comentário desse artigo.

Se eu usasse linguajar complexo e jargão do mundo da inteligência artificial, eu iria naturalmente atrapalhar a performance do artigo!

Resumo da história: se você quer viralizar no LinkedIn (e redes sociais em geral), por mais técnico que seja o assunto, tente fazer com que praticamente qualquer pessoa possa compreendê-lo!

Gostou do artigo?

➡Então curta ele agora, marque e compartilhe com seus amigos que trabalham com marketing e conteúdo!

Assim, você irá ajudar a torná-lo viral e eu vou criar mais conteúdos muito bons para ajudar você a ter excelente performance no LinkedIn!

Share: