criancas-detestam-problemas-de-adultos-coitados-nao-sabem-o-que-irao-encarar
Hoje eu levei minha sobrinha de 4 anos para um péssimo passeio: ir ao banco, cartório e correios comigo e acabei refletindo sobre a vida de criança X adultos…

Eu comecei ensinando pra ela o que significava aquilo tudo:

Júlia, titio está pegando dinheiro porque no cartório não aceita cartão.

Júlia, titio está nessa fila quilométrica no cartório porque aqueles moços são responsáveis em dizer que eu realmente assinei essa procuração.

Júlia, titio está indo agora nos correios, pois preciso enviar esse documento para alguém que está em outra cidade.

A criança estava nitidamente entediada.

Por um momento, eu pensei:

Crianças detestam problemas de adultos, coitados, não sabem o que irão encarar na vida adulta. A vida da criança é um mundo de sonhos. Que saudade…

Daí, parei e pensei um pouco.

A criatura já abre o Youtube e usa a busca por voz melhor do que 99.9% dos adultos.

O errado aqui sou eu, somos nós adultos.

Um processo burocrático, cheio de filas, atendentes mal humorados, carimbos e recibos em papel para provar que eu sou eu e que a procuração é minha em tempos de 5G, blockchain, reconhecimento facial etc?

A Júlia deve ter pensado:

Coitado desses adultos. Como gastam mal seu tempo.

Share: