nao-existe-nada-mais-inclusivo-nesse-mundo-do-que-as-redes-sociais
Ontem eu fui abordado na rua por uma pessoa que disse “você não é Braulio do LinkedIn?”… Aquele foi um momento mágico…

Foram alguns segundos de adrenalina de uma ego trip que muitos artistas iniciantes devem experimentar e adorar.

Eu confesso que também adorei.

Passados os segundos de glória, eu caí na real e comecei a refletir.

E percebi que não existe nada mais inclusivo nesse mundo do que as redes sociais.

Mesmo para um cara introvertido como eu.

Embora não pareça, sou sim introvertido.

E escrever por aqui e ver zilhões de comentários em tempo real tem me feito muito bem!

Muito além de “ser reconhecido na rua”, ser reconhecido como alguém que impactou a vida e a carreira de outras pessoas é gratificante demais!

E a dica que eu quero te dar aqui hoje é a seguinte.

Duas coisas devem ser bem feitas para você se tornar um influenciador.

1. Acertar no canal.

Algums preferem longos posts em blogs, outros preferem vídeos no YouTube, outros preferem imagens no Instagram e assim por diante.

Em qual canal você se sente mais à vontade? Onde é que estão as pessoas que mais se parecem com você?

2. Acertar na mensagem.

Não basta acertar o canal.

Você precisa acertar na forma de transmitir sua mensagem.

E aí? Já escolheu o seu?

Qual canal você tá priorizando?

Share: