como-a-carteira-de-trabalho-brasileira-pode-ser-nociva
Spread the love
Você já parou pra pensar que sua carteira de trabalho brasileira pode ser NOCIVA para você mesmo?

Em países como a Alemanha, por exemplo, a exposição dos dados do trabalhador vai contra as leis de sigilo e proteção de dados.

E não é só nos países germânicos. Nos EUA, Inglaterra etc. esse conceito não existe.

Ser obrigado a mostrar todo o histórico de trabalho, onde trabalhou, por quanto tempo, quanto ganhava, quantos aumentos teve, como foi a demissão etc. isso só favorece o empregador!

Pense por esse ângulo:

Imagine que você ganhe R$ 1.500 a R$ 2.000 durante 10 anos da sua vida.

Qual empregador em sã consciência irá te dar um salário de R$ 10.000,00 depois desse período?

A própria carteira “impede” saltos nas carreiras e classifica o indivíduo numa casta financeira psicológica.

O que parece ser direito do cidadão, é, e sempre foi, um instrumento de controle.

Na ditadura Vargas e na ditadura militar, era comum que o cidadão portasse sempre sua Carteira de Trabalho e Previdência Social para evitar ser detido pela polícia sob a alegação de vadiagem e consequente “prisão para averiguação”.

Por que estou falando sobre isso?

Porque antes de lutarmos por direitos mais sofisticados como as novas leis da Europa de sigilo de dados, precisamos de direitos BÁSICOS, não acha?

Share: